11 novembro 2021

Indústria Alimentar: mais inteligente, digital e robotizada Destaque

Em Portugal, a indústria 4.0 traz vantagens e, teoricamente, será a chave para facilitar a resposta das empresas do setor alimentar às crescentes exigências do mercado e aos requisitos de cada consumidor.

Alguns fatores como as preferências dos consumidores, a segurança alimentar e as novas tecnologias disponíveis ao serviço do agroalimentar têm desencadeado vários impulsos na área da automatização de processos na indústria com recurso à tecnologia e robótica. A revolução 4.0 está a mudar o mercado a nível mundial, o que leva os operadores a apostarem na inovação e, de acordo com a Robotic Industries Association, as encomendas de sistemas robóticos por fabricantes da área cresceram 56% em 2020 e perspetiva-se que, até 2025, os robots colaborativos constituam 34% de todas as vendas de robots.

Para a indústria, as vantagens são várias, das quais se pode destacar:

  • Segurança alimentar: melhoria na vigilância da segurança alimentar, assegurando, por exemplo, uma mais eficaz rastreabilidade;
  • Qualidade: incremento na certificação da qualidade, com recurso a processos automatizados;
  • Gestão de fornecedores: utilizando tecnologias de informação (TI);
  • Dados em tempo real: de forma a dar resposta às alterações das necessidades ds consumidores;
  • Produtividade: aumento da produtividade através de uma melhor compreensão dos constrangimentos e bloqueios.

Contactos

M. Largo de São Sebastião da Pedreira, 31 - 4º
1050 - 205 LISBOA

T. (+351) 21 352 88 03
F. (+351) 21 315 46 65

E. Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.