26 outubro 2021

Do Prado ao Prato: Parlamento Europeu quer alimentos mais saudáveis e sustentáveis na UE Destaque

O Parlamento Europeu propôs na passada semana medidas para a produção de alimentos mais saudáveis na UE, que garantam também a segurança alimentar, um rendimento justo para os agricultores e reduzam a pegada ambiental.

A Estratégia “Do Prado ao Prato” foi aprovada pelo PE, depois de apresentada pela Comissão, em maio de 2020.  De acordo com comunicado divulgado, é destacada a necessidade de se reforçar a sustentabilidade em cada etapa da cadeia de abastecimento alimentar e reafirma-se que todos – do agricultor ao consumidor – têm um papel a desempenhar.

A Comissão Europeia irá apresentar uma série de propostas legislativas no âmbito da Estratégia do Prado ao Prato. Os eurodeputados sublinham a “necessidade de realizar avaliações de impacto ex ante sólidas e científicas, que abranjam a sustentabilidade do ponto de vista económico, social e ambiental, bem como a necessidade de ter em conta os efeitos cumulativos, possíveis soluções de compromisso, a disponibilidade de meios para atingir as metas e os diferentes modelos agrícolas nos Estados-Membros, no quadro de quaisquer propostas legislativas”. No debate em plenário, realizado na segunda-feira, vários parlamentares criticaram a publicação tardia pela Comissão do relatório do Centro Comum de Investigação sobre o impacto da Estratégia do Prado ao Prato.

Contactos

M. Largo de São Sebastião da Pedreira, 31 - 4º
1050 - 205 LISBOA

T. (+351) 21 352 88 03
F. (+351) 21 315 46 65

E. Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.