08 julho 2019

Alimentos congelados com retoma nas vendas para o exterior Destaque

Após a queda registada em 2017, as exportações de alimentos congelados retomaram 6% em 2018, atingindo 479 milhões de euros, de acordo com dados da Informa D&B.

Pela sua parte, as compras ao exterior cresceram 1,3%, até aos 998 milhões de euros. Neste contexto, em 2018 produziu-se uma redução do deficit comercial, o qual passou de 533 milhões de euros em 2017 para 519 milhões em 2018.

Cerca de 75% das vendas para o exterior foram encaminhadas para a União Europeia, destacando-se Espanha como o primeiro mercado, com uma participação sobre o valor total de 42%.

As receitas totais agregadas de 37 das principais empresas do setor aumentaram 9,2% em 2017, até aos 946 milhões de euros, estimando-se para 2018 o valor de 995 milhões, o que supõe um crescimento adicional de cerca de 5%.

Contactos

M. Largo de São Sebastião da Pedreira, 31 - 4º
1050 - 205 LISBOA

T. (+351) 21 352 88 03
F. (+351) 21 315 46 65

E. Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.